Gestão Avançar na Luta

REDES SOCIAIS

19 de Junho de 2018 | Terça-feira

Sindicato tem reunião com secretário, mas sem avanço na pauta


Compartilhe

Boletim 1604 - Salvador, 24 de Outubro de 2017

Sindicato tem reunião com secretário, mas sem avanço na pauta

A diretoria do Sindsefaz se encontrou na manhã desta terça (24) com o secretário Manoel Vitório, em reunião intermediada pelo líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Zé Neto (PT). O titular da Sefaz deixou claro que não se tratava de negociação e sim de uma conversa possível por conta da intermediação parlamentar. E assim o Sindicato considerou.

Na oportunidade, foram apresentados, pelos dois lados, razões em torno dos pleitos emergenciais apresentados pelo Sindicato: a mudança na GDF dos técnicos, a realização de concurso público, o aumento do valor do ponto do Fisco. A entidade acrescentou ainda a correção da indenização de transporte de auditores e agentes de tributos.

Na conversa ficou evidente a distância entra a posição do governo e as nossas reivindicações. Paira na cabeça do secretário uma ideia que o Sindsefaz quer usar o aumento do valor do ponto para unificar a remuneração de AFs e ATEs, coisa que nunca aconteceu e que não é nossa proposta. Assim como, ele apresentou números sobre a GDF, de um estudo da SAEB, que não condizem com a proposição que apresentamos ano passado. Bem como, sobre o concurso público, ele disse que sua equipe ainda não concluiu a análise dos estudos apresentados pelo Sindicato.

Diante disso, o próprio secretário se incumbiu de tentar marcar um encontro entre o Sindsefaz e técnicos da SAEB para debater as divergências em torno dos números dos pleitos econômicos. Pedimos celeridade na questão do concurso e ficamos de apresentar em números sobre a defasagem da indenização de transporte.

LUTA CONTINUA

No que pese a realização do encontro, a situação continua sem evolução em torno de nossa pauta. A categoria segue seu calendário de lutas, que se encerra nesta quinta (26), com uma paralisação geral e uma assembleia para definição de uma nova agenda de ações. Em debate, a criação de um Fundo de Greve e novas mobilizações.

O Sindsefaz convoca a categoria para se manter firme e se preparar para continuarmos na luta. Importante ressaltar que o próprio Manoel Vitório fez questão de dizer que não se tratava de negociação e sim de uma conversa. Além do mais, segunda (23), em Jequié, o governador Rui Costa anunciou benefícios para professores e policiais, somente. Ou seja, os fazendários não estão no radar, mesmo sofrendo o mesmo arrocho salarial de mais de 20% e tendo batido as metas máximas de arrecadação nos dois últimos trimestres.

Vamos nos manter unidos e fortes. Paralisação nesta quinta (26). E assembleia, 9h, no Prédio-Sede da Sefaz, no CAB. 

Sindsefaz,
Avançar na Luta


Sugestões de leitura

Artigos


Floriano Sá Neto - Nosso problemático sistema tributário: um olhar sobre o IRPF



Leia mais

Entrevistas


Joaquim Amaral explica execução de quatro processos judiciais



Leia mais